sexta-feira, 17 de junho de 2011

Natal-RN: Mãe Luiza tem 60 assaltos a ônibus em seis meses

Foto: Ednilson de Souza

De Paulo Nascimento, especial para o Diário de Natal

Em virtude dos quase 60 assaltos ocorridos neste ano nos ônibus que passam por Mãe Luiza, autoridades da área de segurança e transporte público, além de representantes da comunidade do local, reuniram-se em busca de soluções para o problema. Segundo dados mostrados no encontro que aconteceu na manhã de ontem na Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), o bairro localizado na Zona Leste da capital é o que tem o maior número de roubos a transportes coletivos em toda a Grande Natal.

Após discussões entre os participantes da reunião, a Polícia Militar, através do seu comandante, coronel Francisco Canindé Araújo, assegurou a presença de um maior efetivo na área pela qual passam os ônibus - na avenida João XXIII -, em especial no período mais crítico: entre as 18h e 22h. "Colocaremos neste corredor dois trios de motos da Rocam e duas duplas de policiais a pé, para reforçar o patrulhamento e tentar impedir que os assaltos continuem ocorrendo", explicou o coronel Araújo.

O alvo do trabalho policial serão as linhas 40, 33, 33A e 57, que somente neste mês já passaram por seis assaltos. Para o delegado Frank Albuquerque, titular da 7ª Delegacia de Polícia, o maior problema passa pela falta de identificação dos assaltantes. "Muitas vezes os motoristas e os passageiros dos ônibus nem chegam a prestar queixa. E, às vezes, quando prestam, não têm coragem de identificar os assaltantes, até mesmo quando nós mostramos as fotos", afirmou o delegado.

Para os principais interessados nas ações - moradores e rodoviários -, os resultados da reunião foram proveitosos. "Ficaremos no aguardo das ações da polícia, esperando que melhorem nossa situação. No futuro, queremos que voltem as blitzen nas principais avenidas da cidade, que aconteceram até dezembro, o que levou quase a zero o número de assaltos", ponderou o presidente do sindicato dos rodoviários, Nastagnan Batista. Já de acordo com o presidente do Conselho Comunitário de Mãe Luiza, Francisco Soares, a presença da polícia é vital. "Todo mundo sabe que só a polícia pode resolver problemas de segurança. A maior presença da PM na comunidade com certeza vai melhorar a situação", afirmou Francisco. Segundo o que foi decidido, reuniões semanais como a ocorrida ontem deverão ser convocadas. 

Com informações do DN online
e Publicado pelo DN Online


Mais informações

Fique Ligado sempre no Natal Buss Flogme
http://topbuss.flogme.com.br/ 


Natal Buss - Nosso Hobby. Nossa Paixão

Copyright © 2010 - 2011 Natal Buss.
Todos os direitos reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário