quinta-feira, 14 de junho de 2012

Montadora chinesa de ônibus negocia fábrica no Ceará

Fonte: Fortalbus

A montadora chinesa de ônibus Foton Auv Bus negocia a instalação de uma fábrica no Ceará. O investimento inicial é da ordem R$ 150 milhões para produzir três mil ônibus anualmente, após dois anos do início da operação. 
Conforme apuramos com uma fonte ligada à sede da Foton em Pequim (na China), o interesse pelo Ceará tem a ver com a entrada na empresa de um sócio cearense, com experiência no ramo automotivo. Além disso, a proximidade com o Porto do Pecém, o que facilita a importação de peças, e a disponibilidade de área com infraestrutura põem o Ceará à frente da escolha da localização da planta industrial. 
“A Foton na China produz mais de 38 modelos de ônibus e exporta para o Chile, Venezuela, Colômbia, Espanha e alguns países da África. A fábrica no Brasil é para o mercado nacional e América Latina”, informou. 
O empreendimento automotivo prevê a geração de 800 empregos diretos no primeiro ano da construção. Em dois anos de funcionamento, serão mais de 1,5 mil empregos diretos. 
A fonte contou ao Jornal O Povo que será necessária uma área de 100 mil metros quadrado (cerca de 10 hectares) para a instalação. No Setor III, do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), há uma disponibilidade de 400 hectares para instalação de equipamentos como uma montadora de veículos. “Teremos 70 mil metros quadrados construídos, mas com margem para expansão”, disse. 
O projeto da companhia de se fixar no Brasil teve o primeiro passo na entrada no mercado nacional, durante a Feira Internacional de Transporte (Fenatran 2011) da Foton Aumark - importadora e distribuidora de caminhões da marca. O governador Cid Gomes tem reunião marcada com os responsáveis pela instalação da Foton no Brasil dia 19 de junho, às 15 horas. 
A marca 
A Foton Motor Group é pioneira na fabricação de veículos comerciais da China e uma das maiores produtoras de caminhões no mundo. Foi fundada em 28 de agosto de 1996, no distrito de Changping, em Pequim. Atualmente, a companhia tem cerca de 26 mil colaboradores na matriz e mais de 80 mil em outras fábricas. A empresa disponibiliza produtos e serviços em 90 países. Em 14 anos de existência, chegou a marca de 60 mil veículos e peças exportados.
Fonte: Jornal O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário