quarta-feira, 4 de julho de 2012

Mossoró: Mais de 50% dos usuários têm passagens subsidiadas

Mais da metade dos passageiros de ônibus tem a tarifa da passagem subsidiada. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Mossoró (SINTROM), esse público chega a mais de 50% dos usuários de ônibus.

Distribuindo, os estudantes são a maior fatia, representando mais de 30% dos usuários. O problema desse público, para os empresários, é porque a tarifa é apenas a metade. Já os idosos e deficientes físicos correspondem a 24% do total. A diferença, nesse caso, é porque a média em outras cidades não ultrapassa os 10%.

“Quando o legislador aprova que um público específico seja subsidiado, ele esquece que alguém vai pagar a conta”, questiona Eldo Laranjeira, responsável por uma das empresas que circula na cidade. De acordo com ele, o valor compensatório para essas passagens com desconto ou gratuitas recai no preço da tarifa de ônibus, por isso o preço cobrado atualmente.

De acordo com o Sindicato, é preciso também trocar a frota dos veículos que circulam na cidade. Medeiros pondera que, embora os carros não possam ter mais de 10 anos, conforme exigências da Prefeitura, é preciso que aumente a vigilância quanto à qualidade dos transportes.

As reclamações são de todos os tipos. Na parada de ônibus localizada no Centro da cidade, a usuária do serviço nos reclamou quanto a pouca quantidade de ônibus que circulam pelo bairro Sumaré. Segundo ela, são apenas dois para atender a toda comunidade. Faltam ônibus ainda nos conjuntos Geraldo Melo (Zona Leste) e no Alto da Pelonha (Zona Leste).

Nenhum comentário:

Postar um comentário