sexta-feira, 1 de julho de 2016

CE: Empresa de ônibus que atropelou idosa desiste de processar a família

Amós Matos - Fortalbus


Após abrir processo contra a família da senhora Maria do Carmo Rocha Feijó, de 65 anos, atropelada em março deste ano no Terminal da Parangaba
, a empresa Vega desistiu da ação judicial. "A Vega vem a público esclarecer que reavaliou o caso e pediu a desistência do processo", disse em nota. O acidente aconteceu no dia 1º de março. A idosa morreu no dia 12 seguinte.

A empresa havia cobrado dos familiares indenização por prejuízos no veículo e pelo tempo que o ônibus ficou parado. Segundo o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), a ação gira em torno do valor de R$ 2.200.

Na última segunda-feira, 27, o MPCE solicitou à Defensoria Pública que o viúvo da vítima, Francisco Feijó de Albuquerque, tenha atendimento jurídico urgente.

Para o promotor de Justiça Alexandre Alcântara, a família ainda deve pedir danos morais à empresa de ônibus e, também, à Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), já que, no local do acidente, não havia faixa de segurança. Conforme o promotor, há indício de que a empresa estava preparando o processo enquanto ela estava internada no Instituto Doutor José Frota (IJF).

"Nós já encaminhamos à família, uma defesa constando a reconvenção, em que a parte promovida (viúvo da idosa) deve pedir indenização pela morte da senhora Maria do Carmo e pelo dano moral do ajuizamento da ação que não respeitou, nem mesmo, o luto da família", explica.

O Povo Online entrou em contato com a família. O filho, Fábio Feijó, afirmou que a família já foi informada da retirada do processo, mas ainda não há decisão sobre a continuidade da ação contra a empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário