segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Viação Nordeste e suas pinturas

Texto: Kaio - Natal Buss

Hoje, nessa postagem histórica especial aqui no Natal Buss, iremos ver um pouco sobre a história de pinturas usadas pelo ônibus da empresa Viação Nordeste, desde da década de 70 até as pinturas mais recentes:

1

Início da década de 1970: Essa pintura é a primeira que se tem notícia de ter sido usado pela empresa. Priorizava o laranja de início, com o padrão de faixas no “estilo Gontijo”, muito utilizado pelas empresas da época. Vestiu principalmente  Monoblocos O-362, e depois, Ciferal Lideres leito. Usada até 1978/79

2

1979: Primeira grande mudança na pintura da empresa, passava a priorizar o branco e começava a usar parachoques de cor preta. Muitos carros foram repintados, e os Marcopolos III recém-chegados na época também receberam essa pintura. Usada até 1982/83

3

1983: Primeira versão de uma das pinturas mais clássicas da empresa. Um de seus elementos mais marcantes é a figura central, que representaria um pássaro voando com o Sol ao fundo. Outros elementos dessa primeira versão são a presença de um logo da Transnetur (subsidiária de turismo da Nordeste), e triângulos pretos e laranja  em volta do prefixo. Essa pintura foi reeditada várias vezes, e vestiu principalmente veículos Nielson, modelos Diplomata, incluindo os primeiros 380.

4

1989: Primeira reedição da pintura de 83, em que houve a retirada dos triângulos em volta dos prefixos, e retoques na lateral.

5 6

1992: Mudanças na traseira: A tampa passava a ser branca e o prefixo ficava centralizado. Na frente, em veículos com a frente baixa (Busscar Jum Buss), o prefixo ficava centralizado. Em veículos de frente alta (Busscar El Buss), o prefixo ficava levemente deslocado para a direita.

1994: Poucas diferenças em relação a anterior, com a mudança de cor dos parachoques de preto para branco. Poucos carros como o 0232, 0229 e 0251 receberam a mudança

7 8

1995: Primeira grande mudança em mais de 10 anos, mas mesmo assim essa nova pintura ficou muito semelhante a antiga. Basicamente os para-choques passaram a ser laranja, assim com a saia inferior, que cobria os detalhes da antiga pintura. O nome da empresa ficava ligeiramente menor nas laterais. Essa pintura foi mais vista nos novos Marcopolo Paradiso comprados pela empresa em 1995/1996, mas também foi usada nos Busscar Jum Buss e Monoblocos O-371 da empresa (repintados).

9 10

1998: Pela primeira vez, a logomarca representando o pássaro nordestino sai de vez da pintura, dando lugar ao nome estilizado da empresa em tamanho grande. O laranja passa a tomar mais conta do ônibus, agora predominando em toda a traseira e no teto. Essa seria a pintura que iria dá base á nova identidade visual da empresa lançada em 2000.

11 12

2000: Em comemoração aos 50 anos de fundação da empresa como Expresso União e ao novo milênio, a Nordeste lança nova identidade visual, com nova logomarca para os veículos da empresa. Muitos veículos com a pintura anterior foram modificados com o novo logo. Veículos famosos como os moderníssimos Busscar Panorâmico DD comprados pela empresa usaram essa pintura.

13 14

2003: Um pequeno detalhe é adicionado à pintura, um par de linhas diagonais próximas aos eixos traseiros. Inicialmente esse detalhe era na cor da lataria, depois pintado de branco. Essa versão foi usada de forma limitada até a introdução do padrão amarelo em 2012/2013

15

2008: Após a chegada da última compra de zero km da empresa, 5 Comil Campione Vision 3.65 receberam uma pintura amarela especial com traços relembrando as pinturas clássicas da empresa. Logo depois, foi a vez dos veículos Leito também receberem pintura amarela. Em 2011, começou um grande processo de transição de toda a frota para o padrão amarelo.

16

2013: A pintura atual da empresa foi apresentada primeiramente nos veículos seminovos da empresa, e depois se estendeu a toda frota. A pintura nova priorizava a economia, usando amarelo em toda a sua extensão, apenas com o nome da empresa em preto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário